RSS

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Sem ser necessário entender...

Dúvidas e mais dúvidas estão na minha cabeça neste momento...
Mas é como uma amiga minha falou: Suelyn, se você não arriscar não saberá se irá valer a pena!
Sou sincera e confessso que tenho muito medo de que tudo aconteça novamente, sofri muito e tenho certeza que eu não mereceia ter passado por metade do que passei.
O interessante disso tudo é que estou tendo cautela perante os meus sentimentos, paciência é uma virtude que hoje tenho.
Às vezes até percebo que já estou envolvida mas, durona, como sempre não quero confessar nem para mim mesma. :D
As coisas que estão acontecendo está sendo de forma intensa, rápida e que muitas vezes procuro explicações e não encontro. E como (vc) mesmo fala, tem certas coisas que não se explicam, apenas se vivem.
Sei que não adianta pensar no que se passou pois, do passado só quero ter agora as lições, o presente é o que mais me IMPORTA no momento, acho que devo mais é jogar todas as preocupações, vans, de lado e procurar viver o PRESENTE sem me preocupar com o futuro, afinal, o futuro a Deus pertence e por mais que queiramos muitas vezes certas coisas se Deus assim não permitir é porque não deveria ser aquilo e lá na frente iremos ter a resposta, assim como hoje tenho tido a resposta para muita coisa que me aconteceu, a um ano atrás, e que antes eu não entendia.
E o que mais quero entender é que tudo é muito simples, pois o FUTURO não é nada mais que a resposta do presente pois, se parármos para analisar o FUTURO COMEÇA AGORA!E tudo só depende de cada um de nós...
Confesso que estou adorando tudo isso!
;)
video

1 comentários:

Dany disse...

Meu Deus, será que tudo que acontece com uma de nós, tem que acontecer com a outra? hehehehehe
MEDO!!
Tb tô passando por isso, amiga e não sei até que ponto eu tô realmente gostando e até que ponto é só carência! Mas como te falei, as respostas virão (espero que venham mesmo) nessas férias!
Bjos... e vamos nos divertindo até lá! Aproveitando os momentos, sempre! Carpe Dien.